Notícias sobre hacking desenfreado e roubo de identidade deixaram o público em geral se sentindo um pouco vulnerável com suas informações pessoais. É muito fácil não saber como se proteger contra fraudes de identidade, e pode ser assustador pensar em viajar com documentos pessoais e informações disponíveis em um lugar em que você possa ser facilmente aproveitado.

Aqui estão algumas maneiras de proteger sua privacidade e manter sua paz de espírito durante uma viagem ao exterior.

1. Proteja seus cartões

Os cartões de crédito e débito podem deixá-lo vulnerável a hackers se não forem cuidadosamente tratados no exterior. Para tomar algumas precauções, incline-se a usar dinheiro em vez de cartões de crédito.

Considere usar a Apple ou a Samsung para pagar se for uma opção para você; vai impedir que você tenha que carregar qualquer carta. Se você estiver carregando cartões habilitados para RFID, considere uma carteira ou uma mochila com proteção contra RFID.

Embora muitos cartões tenham eliminado isso com a tecnologia de chip, ele ainda pode ser uma área de preocupação para alguns documentos, como passaportes. Esteja atento ao uso de ATM escolhendo apenas locais confiáveis em bancos e centros de transporte, e certifique-se de cobrir o teclado quando você digitar o seu pin.

Nunca deixe uma cópia extra de um recibo para trás em um restaurante, hotel ou outro local, pois às vezes eles podem conter informações confidenciais. Por fim, não se esqueça de verificar seus extratos bancários com frequência por cobranças fraudulentas. Se você ver algum, ligue para o seu banco imediatamente para ter seu cartão congelado.

2. Seja consciente da tecnologia

Se você estiver viajando por prazer, limite o número de gadgets que você leva em sua viagem. Isso vai reduzir o roubo potencial, para não mencionar aliviar sua carga e dar-lhe menos para acompanhar em trânsito.

Se você precisar levar um computador para trabalhar, ou não, aproveite o cofre do hotel ou use uma trava de bagagem para fins de armazenamento enquanto não estiver em uso. Se você estiver usando seu computador em público, use um tela de privacidade para que outras pessoas não possam ver informações confidenciais. O visual hacking é uma das formas mais comuns de roubo de identidade, por isso, esteja ciente de seu entorno ao usar a tecnologia em um ambiente público.

Não faça login em sites confidenciais, como bancos ou e-mails, enquanto estiver em Wi-Fi público. Se você precisar acessar a Internet, o método mais seguro é usar um VPN pessoal permanecer privado e anônimo, mesmo em uma rede pública.

3. Mantenha documentos importantes seguros

Tal como acontece com os cartões de crédito e tecnologia, alguns documentos importantes devem ser deixados em casa quando viajar. Traga apenas o essencial e faça cópias de informações essenciais de viagem, como seu passaporte, para guardar em uma área separada de sua bagagem em caso de perda ou roubo.

Guarde o seu passaporte consigo em todos os momentos e considere a possibilidade de cinto de dinheiro para manter os cartões e documentos seguros quando você está fora de casa. Continue gastando dinheiro em uma bolsa ou carteira separada; no caso de roubo de furto, seus documentos importantes ficarão seguros.

Faça um ponto para fazer um inventário de seus itens importantes ao longo dos dias, especialmente ao sair de um hotel, restaurante ou loja.

Compartilhar

O post 3 dicas para proteger sua privacidade no exterior3 minutos de leitura apareceu em primeiro lugar no Healthy Travel Blog.



Blogs que podem interessar:

Ferramentas de desenvolvedor no programa Office 2007/2010

A duração ideal do vídeo para vídeos promocionais, instruções e muito mais.

Aqui é porque é uma boa idéia para limitar o tempo da tela das crianças – e como fazê-lo

20 coisas brutas que todos os casais fazem quando eles estiveram juntos para sempre

Você nunca deve ouvir o seu médico?

Deixando cair os carboidratos – os prós e contras da dieta cetogênica