Devido à sua forma única, o Chile é um país capaz de surpreender graças às muitas paisagens que oferece aos seus visitantes: basta pensar na natureza não contaminada, na história e na cultura milenar que tornam esta terra tão especial, em diferentes aspectos. Aqui está o porquê Chile Propõe-se como um destino a ser descoberto a qualquer custo, possivelmente em profundidade, para poder compreender a verdadeira essência. Antes de partir, no entanto, é importante organizar melhor a viagem para um lugar tão distante, para evitar ficar despreparado para o que você estará enfrentando. Abaixo, então, aqui estão minhas dicas sobre coisas para saber absolutamente sobre o Chile antes de sair.
Clima e melhor momento para sair
O Chile está no hemisfério sul, portanto as estações são invertidas em relação a nós, com o verão indo de dezembro a março e o inverno indo de junho a setembro. O clima é geralmente muito variável, pois pode variar muito dependendo das altitudes. No sul assemelha-se ao Mediterrâneo, enquanto no norte é bastante seco. Quanto ao período, Aconselho-o a visitar o Chile de novembro a março, para aproveitar as melhores temperaturas e minimizar o risco de chuva (sempre presente).
Documentos e vacinas
Não são previstas vacinações específicas e não são necessários vistos, se falarmos de períodos inferiores a 90 dias. A situação, no entanto, acaba sendo diferente se você decidir viajar com seu amigo de quatro patas. Nesse caso, será necessário preparar toda uma série de documentos e visitas, indispensáveis ​​para sair junto com seu animal de estimação na direção do Chile. Aqui meu conselho é preparar todas essas coisas através de uma agência que lida com o envio de animais, onde uma equipe de especialistas será capaz de organizar a jornada do seu amigo com segurança.
Como se locomover no Chile
Chegar ao Chile não é nada difícil, mas uma coisa deve ser considerada: o único vôo direto que pára no aeroporto de Santiago parte de Roma, mas, alternativamente, há muitos outros vôos não diretos, inclusive os mais baratos. Quanto ao ônibus, devo enfatizar a presença de linhas diferentes que podem ser reservadas sem qualquer esforço, alguns até ecológicos. Minha sugestão é optar por reservar ônibus com os assentos mais espaçosos (half-bladed). Finalmente, se você decidir se mover de forma independente, saiba que as estradas internas do estado são quase todas não pavimentadas e difíceis de viajar de carro, então pegue um carro adequado e preste muita atenção quando você se mudar.
Internet e SIM
Conseguir um cartão SIM chileno pode não ser simples e imediato, mas deve-se ressaltar que também existem outras maneiras de se conectar à Internet. Na verdade, existem empresas que permitem que você alugue um wifi de bolso ou roteadores portáteis que permitem a conexão conveniente à web. O dispositivo é enviado, tem um custo diário e antes da reserva é necessário verificar se o Chile está listado na lista de áreas cobertas. Ele geralmente permite que você se conecte facilmente a partir de qualquer área chilena, até mesmo dos mais remotos.
O Chile é um país com mil facetas que, no entanto, também requer um pouco de informação antes de partir: as dicas de hoje ajudarão você a passar férias mais relaxantes e seguras.


Artigos que podem interessar:

Calculadora da dieta dos pontos

Como ter um relacionamento de sucesso?

 A Importância da Medicina Esportiva

Onde e como vender fotos em um banco de fotos

Como Planejar uma Festa

Serviços de Marketing – Os Quatro I de Serviço